Aparece por aqui sempre que puder!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Corpinho de 18, carinha de 16, idade 14, cabeça de 12 !!

Hey peoples!! Entonces ..., achei um texto muito bom aki perdido pela net,o blog por algum motivo, não está no ar, mas eu consegui acessar assim mesmo com alguns truques de aspirante á Engenheiro de Computação ..haha..(<-- isso eh papo, qualquer um faz isso..kkk)... Mas o texto é muito bom vale a pena ler cada palavra esse texto mostra bem a realidade que está ao nosso redor e que muitas vezes não vemos ou não queremos ver:


Corpinho de 18, carinha de 16, idade 14, cabeça de 12. Essa é a realidade das meninas hoje no Brasil. Lembro que antigamente para uma menina se desenvolver levava um bom tempo... Anos.

Uma moça não era considerada mulher antes dos 18 anos de idade, agora com 14 já tem menina querendo sair de casa pra "curtir a night".



É triste pensar, por exemplo nas músicas porno que rola por ai (pornofonia), principalmente no funk. Não tenho nada contra o estilo, aliás acho muito boa a batida, mas se você parar pra escutar ulguns dos funk mais populares vai perceber que o que não é pornografia é apologia! Mas meu intuito aqui não é discutir sobre a aceitação da música popular brasileira.

Ao andar pelas ruas do Rio de Janeiro, onde moro, vejo algumas meninas que, se você não conhecer, acha que é mulher formada. Com isso a vida sexual tem iniciado cada vez mais cedo, com 12 anos de idade uma criança já teve sua primeira experiência sexual e eu não estou falando de estupro, estou falando de uma cara chegar, conversar, começar a pegar aqui e ali e levá-la pra cama.


Você com toda certeza já se deparou ou conheceu alguma menina de 14 ou 15 anos que anda por ai de blusinha e minisaia, mas o problema não está só na roupa, algumas dessas meninas já tem o corpo totalmente formado, que muitas mulheres de 25 anos ainda não tem e talvez nunca terão. Se você ainda não enxergou o que realmente torna-se complicado a falar de um assunto com esse vou te explicar de uma forma mais clara.

O primeiro ponto é que uma menina de, digamos, 14 anos que já tem o corpo totalmente formado receberá, sem dúvida nenhuma, muitos olhares e elogios maliciosos na rua. 



Porém ao recebe-los ela ainda não sabe lidar com isso, no início pode ser que fique com raiva ou vergonha, mas logo que se acostumar vai começar a achar ionteressante tanto elogio e se você gosta de pudim de leite sempre vai querer mais um pouquinho. 


É normal do ser humano gostar de ser apreciado, amado e até mesmo adimirado. Qualquer mulher que cuide bem do seu corpo e se ame, gosta de receber um: "Caramba" ou um "Nossa!". 


No inicio todos os homens que ela conhece irão falar alguma coisa, mas com o passar do tempo todo mundo se acostuma a ver aquela menina sempre assim com aquele corpão do mesmo jeito e aquele rostinho igual e os elogios vão ficando cada vez mais raros, até que ela resolve fazer alguma coisa pra voltar a receber elogios.


Então o vestido que antes ia até a canela agora irá até o joelho e a blusa de manga vira blusa de alçinha.

O problema está nas roupas então? Absolutamente não. Mas qual é o real motivo dessa menina passar a usar uma roupa mais, ousadas? É o desejo do coração que deve nos preocupar realmente, não o exterior.

Uma atitude baseada em vaidade é vaidade, e a vaidade é vazia e morta. Só te leva a adorar o seu próprio corpo e se admirar na frente do espelho. A vaidade é tão sutil que você não percebe que está se adorando, somente quando para pra perceber o quanto gastou naquela blusa ou sapato que você entende. Pra que comprar um sapato de 200 reais? Conforto ou chamar a atenção pra você?

Aquela menina vai passar a vestir roupas cada vez mais sesuais somente para receber aqueles elogios que antes eram tão faceis. Fato da humanidade, todos querem se sentir bem e a busca dessa menina vai ser baseada nessa felicidade: Ouvir um elogio, uma piadinha maliciosa ou perceber um olhar.

Quando ela perceber que realmente é bonita vai usar disso para conseguir o que quer e com isso achar que pode ter o que quiser, ai entra o sentimento de superioridade, que a faz pensar ser a melhor de todas.

Não bastando isso resta uma cilada maior: O alguém. Toda pessoa quer alguém que a faça se sentir bem, que a valorize. Essa menina não vai extamente procurar alguém que a valorize pelo que ela é, e sim pelo que ela tem ou aparenta ter. Pense comigo se o unico valor que ela conquistou foi o próprio corpo e sua vaidade, que valores ela pode oferecer para as pessoas?

Ela está vazia por que não cultivou nada dentro dela, ela só se importou com as coisas que estão do lado de fora. É seu mundinho fechado onde ela só olha pro seu próprio umbiguinho com piercing

O primeiro cara que aparecer com um "eu te amo", leva ela. Quando digo isso eu estou falando de sexo! Pois para ela agora, não mais como ser adorada, ela precisa de um "algo mais". Então ela vai pra cama, e faz disso um hábito. Ela sempre vai querer conquistar alguém, esse passa a ser a fonte de sucesso e felicidade dela, conquistar quem ela quiser, afinal para ela não seria fácil?

O resultado de tudo isso se configura quando, lá em seus 20 anos ela já levou meio mundo pra cama e nunca teve amor. É por essa porta que muitas dessas meninas sem ideal se entregam a porstituição. Pois enfim o sexo é só um momento de prazer e busca por adimiração.


Você consegue perceber ao que tudo isso levou? A mais uma vida destruida por satanás.

Agora pense comigo em mais um coisa, onde tem acontecido isso? No mundão? Nas favelas? Não. Isso não está direcionado, qualquer menina pode passar por isso. Inclusive as adolescentes de nossas igrejas! O que faremos?

Eu proponho não perder mais tempo dizendo, não use isso, não vista aquilo...E ganharmos tempo criando consciência nas cebeças imaturas das adolescentes de nossas igrejas. Fazer alguém entender como pensar sobre um assunto, faz ela pensar sobre ela mesma.

1 comentários:

uahsahsua' obra do santanás? Tem certeza? O texto estava realmente bom e construtivo ate essa frase "Você consegue perceber ao que tudo isso levou? A mais uma vida destruida por satanás", jamais foi, é ou será o santanás, isso é com todo o respeito ridículo, pois essas garotas têm o direito de escolher o que querem, não ´o diabo que as leva para o mal caminho, mas sim elas mesmas com suas ideias fracas, idiotas e mal fundamentadas

Postar um comentário

COMENTA AÊ!

Seu comentario será postado assim que for moderado!

Twitter Facebook Favorites More